Construção civil mantém crescimento em 2022

Construção civil mantém crescimento em 2022

Embora bem menor do que em 2021 – quando obteve avanço de 7,6%, o melhor desempenho dos últimos 10 anos –, o setor de construção civil mantém crescimento previsto para 2022: em torno de 2%.

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), segundo matéria no site AECweb, explica que esse crescimento será mantido principalmente pelos investimentos em infraestrutura, públicos e privados.

Também com base no estudo “Construção Civil: desempenho 2021 e cenário para 2022”, da CBIC, o jornal Valor Econômico destaca que o avanço de 2% no setor poderá ocorrer neste ano desde que o Produto Interno Bruto (PIB) se expanda de 0,5% a 1%.

Nesse mesmo cenário, o mercado delightweight construction, ou construção leve, se destaca e se afasta dessa expectativa tímida de 2% de crescimento, vislumbrando um crescimento de 15% ao ano até 2030, conforme estatísticas do Global Data.

Isso porque a construção leve e suas soluções em drywall, light steel e wood framing têm o objetivo de substituir a construção tradicional, artesanal e improdutiva da alvenaria, o que resulta nesse crescimento acima do próprio setor.

Um pequeno vislumbre desse cenário promissor se deu sobretudo nos últimos meses com os projetos das engenharias que demandaram obras mais ágeis, eficientes, sustentáveis e com garantias de atendimento às normas de desempenho ABNT para atender às necessidades de infraestrutura para o combate à pandemia do Covid-19, e que somente a construção ágil com drywall e soluções em light steel e wood framing foram capazes de atender.

Segurança, eficiência, sustentabilidade, produtividade e beleza para as obras e edificações são as nossas promessas para ajudar os profissionais a solucionar os problemas da atualidade de forma ágil e eficiente, como: o déficit habitacional; a alta demanda de infraestrutura hospitalar, educacional, cultural, comercial etc, para atender o número cada vez maior de pessoas que buscam por esses espaços; além de cumprir com compromissos urgentes para proteger as futuras gerações com saúde, segurança e meio ambiente.

O mercado no Brasil oferece grandes oportunidades de expansão e movimenta cifras bilionárias. Informações da Mordor Intelligence apontam que o mercado de construção modular no País, por exemplo, possa girar em torno de mais de R$ 2 bilhões.

Área residencial em alta

Ainda que este ano o mercado possa enfrentar diversos desafios em todos os setores da economia, incluindo a construção, bons ventos devem ajudar.

Segundo a pesquisa sobre o cenário construtivo brasileiro, 84% acreditam que a área residencial é a que vai oferecer mais oportunidades e impulsionar a construção no País. Em seguida, vêm: loteamentos, 46%; galpões, 21%; comercial, 20%; escritórios/ corporativo, 10%; shopping center, 7%; e hotéis, 5%.

Otimismo no setor

Mais de 60% do setor de construção, considerando construtoras e incorporadoras, têm uma boa expectativa para os resultados de sua empresa em 2022.

O mesmo otimismo se encontra na expectativa para o desempenho do mercado imobiliário, segundo aponta a pesquisa Cenário Construtivo Brasileiro 2021.

E para nós que estamos com os dois pés fincados no drywall e na construção leve com steel e wood framing, oportunidades de novos negócios e muito trabalho é o que não nos faltará. Vamos juntos ajudar na construção desse país cada vez mais forte, eficiente e bonito.

Veja também:

botao-newsletter.jpg

Siga-nos:
facebook.svginstagram.svglinkedin.svgtwitter.svgyoutube.svgpinterest.svg