Residência em LSF pode emplacar mais no Brasil

Ainda que o setor de construção esteja longe de estar aquecido – isso devido às consequências da recente crise econômica enfrentada no Brasil –, o segmento de sistema construtivo Light Steel Framing – LSF (construção a seco) tem se destacado. Pelo menos na visão que vem do varejo.

“Mesmo num mercado estagnado de construção, esse sistema cresce mais”, diz Rubens Campos, diretor da Espaço Smart, rede de lojas especializada em materiais de construção a seco.

Segundo Campos, esse tipo de construção está sendo cada vez mais conhecido, principalmente pelo cliente final. “O consumidor está mudando, novas gerações surgem com uma predisposição maior de aceitar inovações e conhecer novas tecnologias”, diz o diretor. “Temos essa percepção no dia a dia da loja”, completa.

O executivo afirma ainda que o papel do varejo é bastante relevante para demonstrar o sistema de construção LSF. “A loja pode compartilhar informações que geram mais credibilidade e interesse do cliente e todos os profissionais da construção, que acabam entendendo mais os benefícios desse tipo de sistema, como eficiência térmica e eficiência acústica”, afirma.

Essa proximidade da loja tem um papel importante na educação e disseminação de conhecimento a quem deseja construir uma casa, ressalta Campos. “A indústria não chega tão perto do consumidor quanto a loja o faz e o consumidor quer ter uma experiência do steel framing”, diz.

Para atender a essa demanda, a Espaço Smart oferece três treinamentos em suas 13 lojas, no Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Sul: Universidade, para funcionários; Academia, voltado a montadores; e Arquitetanto o Conhecimento, para arquitetos.Além disso e do trabalho realizado nas lojas, em Ponta Grossa (PR), a empresa possui um barracão de aproximadamente 800 metros quadrados onde realiza um curso – chancelado pelo Senai – com demonstração de construção LSF de uma casa de dois pavimentos, destacando todas as etapas do processo. O curso é voltado para todos os tipos de públicos, incluindo consumidores, porém com foco em pessoal de obra e engenheiros.

Essas iniciativas ilustram as oportunidades que o sistema LSF oferece, com destaque para o mercado residencial.

O franqueador Mundo Steel, com base em Santa Catarina, também fortalece esse segmento. A empresa ressalta em seu site que o sistema construtivo LSF é utilizado em 90% das casas nos Estados Unidos, sendo composto por materiais ecologicamente corretos, visando diminuir a geração de resíduos e o consumo de água – desejos também presentes no Brasil.

A empresa ainda destaca outros benefícios de LSF, como agilidade na entrega (prazo de obra em torno de 1/3 do prazo da obra em alvenaria) e leveza estrutural (menor peso da construção permite economia de até 75% no custo da fundação, comparado com alvenaria, principalmente em terrenos irregulares).

 Academia Espaço Smart

Solução Superboard® para piso

Além do revestimento externo – chapas cimentícias para paredes –, a marca Superboard®, da Etex, possui uma solução para piso voltada ao sistema de construção LSF. Trata-se de chapa cimentícia Superboard de 14 milímetros de espessura – diferente do painel voltado a mezaninos. 

O produto da marca voltado a pisos em residências em LSF é muito mais resistente, recomendado para montagem de laje seca que separa os pavimentos (os andares da casa) e suporta carga de até 400 kg por metro quadrado. 

A solução Superboard® promete ser mais resistente a carga e totalmente alinhada com os benefícios da construção a seco. Essa tecnologia substitui as lajes de concreto, trazendo leveza e economia às estruturas de suporte do piso. Ainda oferece, entre outros benefícios: alta resistência mecânica das chapas autoclavadas, resistência ao fogo e resistência a cupins. Conheça mais aqui e fale com a nossa equipe.

Casa Light Steel Frame

Blog