Proteção Estrutural é tema-chave em construção

No projeto de proteção contra incêndio de uma edificação, além da compartimentação e selagem de passagens, a proteção estrutural é um dos temas principais a serem abordados, para controlar o possível colapso do edifício no momento de um incêndio.

Em geral, existem  três maneiras de realizar a proteção das estruturas, aplicando tinta intumescente, argamassa projetada ou realizando o envelopamento por meio de chapas de silicato de cálcio.

No caso de estrutura metálica, quando sujeita a alta temperatura durante um incêndio, pode ocorrer a deformação do aço. Isso leva à perda de capacidade de carga e, consequentemente, pode ocorrer o colapso do prédio.Essas três opções são capazes de atingir o Tempo Requerido de Resistência ao Fogo (TRRF) de uma edificação, mas é preciso ter atenção a alguns parâmetros para a especificação correta dos materiais, como: fator de forma da estrutura a ser protegida e espessura correta a ser aplicada da tinta, argamassa projetada ou da chapa de silicato de cálcio.

Já nas estruturas de concreto, deve-se lembrar de que a água faz parte da composição do concreto e em altas temperaturas essa água evapora dentro da estrutura. Nessa situação, ocorre um fenômeno chamado spalling effect, que faz com que essa água, ao se evaporar, praticamente “exploda” dentro da estrutura de concreto, fazendo com que a viga (ou pilar) fique toda descamada e deixando aparente a estrutura metálica interna. O resultado também é de perda de capacidade estrutural e geração de risco de colapso da edificação. 

Mais segurança O que realmente faz a diferença é já no projeto da construção identificar a correta especificação/proteção das estruturas da edificação. Essa medida certamente vai contribuir e muito com o tempo que as pessoas terão para sair do local em chamas e, ao mesmo tempo, resguardar o bem material, que é o prédio.

Uma das soluções Gypsum em proteção contra incêndios é a Chapa Promat Promatect-H, uma chapa de silicato de cálcio de alta densidade, com borda quadrada, incombustível, autoportante e monolítica, de alta resistência mecânica. O produto é indicado para aplicação em sistemas de proteção contra incêndio, tais como: paredes, forros, shafts e proteção de estruturas metálicas, lajes e equipamentos, entre outros. A espessura varia de 10mm a 15 mm.

Clique aqui e saiba mais sobre os produtos PROMAT®.