ACESSIBILIDADE

Projeto de acessibilidade: drywall é um grande aliado

Empresas que realizam obra, reforma ou projeto de acessibilidade devem ir além das exigências legais – como as previstas na Norma de Acessibilidade a Edificações, Mobiliário e Espaços e Equipamentos Urbanos, a NBR 9050 – para fortalecer seu negócio e sua marca.


Isso pode valer tanto para pequenos empreendimentos, como um restaurante ou consultório de dentista, quanto para médias e grandes empresas, incluindo escritórios e espaços comerciais ou industriais.


A ideia é alcançar um número maior de pessoas. As paredes drywall atendem aos requisitos quando há necessidade de fazer adequação de acessibilidade, como instalar corrimão (barras) nos banheiros para oferecer mais segurança a cadeirantes ou pessoas com dificuldade de locomoção. 


Projeto de acessibilidade: a garantia de um bom resultado


“Seja na empresa ou em residências, as paredes drywall são altamente resistentes para as obras e reformas acessíveis, e o arquiteto ou engenheiro pode contar com essa solução no projeto de acessibilidade, entregando além de qualidade, maior agilidade à obra”, explica Luiz Guilherme Penna, do Departamento de Especificação e Desenvolvimento da Etex no Brasil. 


Outra solução vem da marca Superboard: a chapa cimentícia autoclavada Superboard Piso (14 mm) pode ser usada na construção de rampas de acesso. Esse produto pode ser aplicado em projetos de piso, laje seca e mezaninos.


Luiz Guilherme ainda ressalta que a vantagem, em ambas as situações, inclui todos os benefícios da construção a seco, como agilidade, menos uso de água e ‘obra limpa’.


 

Aliados em obra e reforma de acessibilidade

Blog