5 dicas essenciais para montagem de FGE

O FGE (Forro Gypsum Estruturado) é um forro fixo formado pelo aparafusamento de chapas Gypsum em perfilados metálicos. Esse forro é suspenso por pendurais reguladores e tirantes de arame galvanizado nº 10. O resultado é um conjunto monolítico e perfeito – peso médio de 12kg/m².

Essa estrutura permite instalar luminárias, difusores de ar condicionado, som e sprinklers. Sua montagem é muito simples e rápida. Seguem algumas dicas de montagem que, se forem seguidas, tornará o seu trabalho bastante ágil:

  1. Antes de iniciar a montagem do forro FGE, sempre verifique o suporte onde ele será pendurado (sob laje, estrutura metálica, estrutura de madeira, etc) e defina em qual direção as canaletas  vão ser posicionadas; isso poderá evitar algumas juntas de topo no momento do chapeamento, possivelmente um melhor aproveitamento dos cortes das chapas, bem como otimizar a compatibilização do projeto de iluminação – evitando que as canaletas do forro sejam cortadas pelas luminárias.
  2. Procure verificar se o ambiente tem diferenças nos esquadros entre as paredes, pois se as canaletas forem ajustadas e devidamente esquadrejadas com relação a uma das paredes, isso agilizará e muito o processo de aparafusamento das chapas, evitando recortes em chapas inteiras aplicadas ao forro.
  3. Verifique ainda, antes do início da montagem, se as paredes que circundam o ambiente não possuem desalinhamento. Ao instalar as chapas a partir de uma das paredes do ambiente, tendo esta parede uma certa sinuosidade, as chapas poderão ficar desalinhadas entre si, exatamente como acontece com piso cerâmico, no qual o pedreiro esquece de alinhar a primeira fiada. Ou seja, para se evitar esse tipo de contratempo, é altamente recomendado dar uma maior atenção logo na primeira fileira de chapas do forro, deixando-as bem alinhadas. Dessa forma, a instalação das demais será agilizada. Uma dica adicional aqui seria sempre iniciar o chapeamento do forro cerca de 30 cm ou 60 cm afastado da parede de partida, evitando esse tipo de situação.
  4. Procure sempre deixar os tirantes de arame nº10 o mais aprumado possível, com relação às canaletas S47 do forro. Esse tipo de cuidado evita que os reguladores fiquem também fora de prumo e, consequentemente, criem uma pequena “ondulação” no forro (evita problemas de planicidade).
Procure sempre usar materiais e acessórios reconhecidos pela Norma ABNT.